ARQUITECTURA

SaltPay

O projeto corresponde a um espaço de escritórios open-space localizado no Porto em que, do ponto de vista da arquitetura, se procede a um questionamento sobre a noção de espaço de trabalho na atualidade. Com uma proposta de diferentes tipologias de posto de trabalho, o projeto caracteriza-se pela versatilidade do espaço e das diferentes áreas.

SaltPay

São propostos três tipos de posto de trabalho: individual, de grupo e de transição. Os postos individuais e de grupo, são, como o nome indica, dedicados a sessões de trabalho individuais ou em grupo de longa duração, pensados para uma estadia prolongada no espaço. Os postos transitórios são pensados para uma permanência reduzida, em que não se pressupõe largos períodos de trabalho. Existem ainda espaços comuns que se assumem como um híbrido entre zona de lazer e local de trabalho, assegurando a versatilidade do espaço.
Do ponto de vista do design gráfico, é proposta uma intervenção visual que se centra nos motivos vegetais, com materializações em papéis de parede que garantem uma sensação de conforto que complementa os objetivos de cada área deste open space.